Em qual cidade você quer viver?

Dia do urbanismo é dia de provocação: em que cidade queremos viver?

Novembro é um mês recheado de feriados e efemérides interessantes como o dia da gentileza (13), dia da criatividade (17) e dia do doador de sangue (25). Além disso, lá no comecinho do mês, uma data curiosa chama a atenção: o Dia Mundial do Urbanismo.

Celebrado no dia 8 de novembro e instituído pela primeira vez pelo professor argentino Carlos Maria Della Paolera na Universidade de Buenos Aires em 1949, o Dia Mundial do Urbanismo aponta para a necessidade de refletir sobre que tipo de cidade gostaríamos de viver. Urbanistas, governos e sociedade civil tomam a data como um momento para promover seminários, debates e painéis sobre os desafios das grandes cidades modernas, entre eles habitação e mobilidade.

Mobilidade urbana caminha lado a lado com a ocupação do solo, de acordo com o urbanista João Chiavone em entrevista concedida ao bynd. Segundo ele, 65% dos empregos formais da cidade de São Paulo se concentra na região central e sudoeste e no entanto, a maioria da população paulistana mora em áreas marginais ao centro da cidade. Essa distância entre casa e trabalho gera trânsito, congestionamento e superlotação nos transportes públicos diariamente, e em alguns casos, os paulistanos passam mais de 3 horas no trânsito.

O Dia do Urbanismo com o bynd traz a seguinte reflexão: é viável continuar vivendo assim? O que podemos fazer, juntos, para combater essa situação em nossas cidades? O que você pode fazer sozinho para melhorar a mobilidade em sua cidade? Pegar ou oferecer caronas pode ajudar a reduzir o trânsito em sua cidade, além de proporcionar contato com colegas diferentes do ambiente de trabalho. E você, já pensou sobre isso? Em qual cidade você quer viver? 😉

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *